28 de outubro de 2006

... NA SOLIDÃO!!!


Solidão...
Quem é você...
Que ataca silenciosamente, lentamente...
Quando menos espero.
Quem é você...
Que machuca
Que mexe com meus
Mais profundos sentimentos.
Quem é você
Que no menor vacilo
Ataca traiçoeira
Machucando trazendo
As boas e as más recordações.

Quem é você que me faz chorar
Quem é você que me faz querer colo
um abraço, um beijo, um ombro amigo...
Quem é você que tanto me machuca...
Solidão...
Por que você é tão má
Será que um dia poderei
Dizer-te adeus.
Será que um dia irei viver
Sem a sua triste companhia
Nestes vai e vem da vida
Vou vivendo, fugindo...
Até conseguir me livrar
Por completo da sua companhia
(DA)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo carinho da tua visita.