1 de fevereiro de 2007

Numa manhã!!!


Uma manhã quando o sol entrou pela janela do meu quarto senti que estou irremediavelmente viva e insanamente apaixonada (por quem???) … o meu espírito de tão enlevado fez que mesmo que tivesse os meus pés assentes no chão, eu pudesse tocar o céu com a minha mão.

Esta noite quando me deitar quero encontrar de olhos fechados tudo aquilo que foge de mim durante o dia...o vento, as ondas, os pássaros, as horas e tu.
De tanto acreditar nos meus sonhos, quero ter alguém com quem conversar, alguém que adore ouvir explicações e andar de pés descalços.

Hoje pela manhã enquanto eu acordava senti, como se todas as minhas vontades, estivessem unidas num único desejo (Qual? Não sei, só sei senti-lo), ao abrir a janela olhei para o céu, e foi como se eu nunca o tivesse visto antes.

Senti com cada célula do meu corpo… que a minha vida não foi um desperdício.

Se todas as minhas manhãs fossem assim eu aceitaria a vida como ela é!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo carinho da tua visita.