15 de outubro de 2007

"NÃO ME LARGUES A MÃO"


Fecho os olhos ...

Enquanto me falas ao ouvido ...
Enquanto me afastas o cabelo para me sentires o cheiro
Assim…
De mais perto
Fecho os olhos
Enquanto o meu sorriso de criança te conta
como guardo o tamanho do mundo na palma da minha mão
Espreita

o tamanho do mundo guardado na minha mão
Vê as cores do mundo a misturarem-se na palma da minha mão
Fecho os olhos mais uma vez…
Deixo que me pegues na mão em jeito de Primeiro Amor
Temos os dedos das mãos entrelaçados
Dentro das nossas duas mãos, está o tamanho todo do mundo
Somos guardiães do tamanho do mundo
Não me largas a mão
Mexes os dedos para me acariciares a pele
Corremos juntos, e …
Não me largas a mão
Calcamos com os pés descalços a relva molhada…
Não me largas a mão
O tamanho do mundo nas nossas mãos
Rimos desordenadamente
Em música de Primeiro Beijo
Não me largas a mão
O tamanho do mundo nas nossas mãos
Olhas-me como menino assustado perante a enormidade da Beleza
Não dizes nada...
Não digo nada...
Sorrimos…
O tamanho do mundo nas nossas mãos!




Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo carinho da tua visita.