27 de setembro de 2010

...e assim são as palavras escritas






 

Se me disseres que me amas, acreditarei mas se escreveres que me amas, acreditarei mais ainda.

Se me falares de tua saudade, entenderei.

Mas se escreveres sobre ela, eu a sentirei junto comigo.

Se a tristeza vier a te consumir e me contares, eu saberei, mas se a descreveres no papel, o seu peso será menor...e assim são as palavras escritas, possuem um magnetismo especial, libertam, acalentam, invocam emoções.

Elas possuem a capacidade de, em poucos minutos, cruzar mares, saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis.

Muitas vezes, infelizmente, perde-se o autor, mas a mensagem sobrevive ao tempo, atravessando séculos e gerações.

Elas marcam um momento que será eternamente revivido por todos aqueles que a leram.

Viva o amor com palavras faladas e escritas, mate saudades, peça perdão, aproxime-se.

Recupere o tempo perdido, insinue-se, alegre alguém, ofereça um simples "bom dia ", faça um carinho especial.

Use a palavra a todo instante.

De todas as maneiras.

Sua força é imensurável.

Lembre-se do poder das palavras:

Quem escreve constrói um castelo. Quem lê passa a habitá-lo


()

22 de setembro de 2010

MARIA BETHANIA " FERA FERIDA "


Maria Bethania interpreta "Fera Ferida" como ninguem. História de um amor que só deixou solidão e marcas de sofrimento
(desligar o som do blog)

14 de setembro de 2010

O Caminho!!!




Percorri milhares de quilómetros na Auto Estrada da Ilusão


Senti no meu rosto o calor do Sol setentrião

...De tanto olhar para o sol... ceguei

Sem rumo de luz... pela noite optei.



Saí da Auto-Estrada e deixei para trás a Ilusão

Optei pela Estrada esburacada da Atenção

Pela Vereda difícil da Verdade

E pelo Caminho estreito da Realidade



Amanhã terei chegado ao meu destino

Tendo percorrido todo o caminho

Não vou olhar para trás, à procura de nada

O meu espírito percorrerá outra caminhada



Não sei o que me espera pelo caminho

Se uma janela se abre ou uma porta se encerra

Continuarei a ter os meus sonhos de menino

Mas caminharei com os pés assentes na terra
 
 
(HM)

8 de setembro de 2010

A VIDA!!!



"Quando uma porta se fecha, outra se abre.
O que acontece é que ficamos, tanto tempo a contemplar a porta fechada, que não vemos a que foi aberta" 
   
 
(Helen Keller)
   

   
  

.

5 de setembro de 2010

Estou de volta...

Pois é... pois é, parece que estou a voltar ao activo e com novo visual para a todos agradar.
Tão depressa abandonei este meu lindo cantinho que eu tanto adoro,como agora resolvi voltar.
Não com tristezas nem lamúrias.
Não com dor nem torturas.
Muito menos com lágrimas ou amargúras.
Mas sim com alegrias e felicidade.

Por isso digo aqui a todos.

VOLTEI AMIGOS...

Por isso um bem haja a todos e espero que continuem a visitar o meu cantinho como antes.

A única e grande novidade que tenho para vos dar, é que durante esta ausência algo novo apareceu na minha vida... no dia 3 de Julho de 2009 fui avó.

Que coisa maravilhosa, uma experiencia que quero partilhar com todos vós.

Aqui vos deixo um pouquinho da minha Matilde, ela é uma ternura mesmo... rsss