25 de maio de 2015

Brinquedo perigoso!!!







Aqui na minha boca a saudade virou um brinquedo perigoso, e estou a tentar deixá-la fora do jogo.

Tenho outras maneiras de sentir a vida a bater-me no rosto, e a fazer-me sonhar.

Um dia olhei para o céu e vi-me a dançar com alegria, banhada de nuvens soltas...

E a partir daí o tempo foi-se equilibrando, na minha tempestade de sentimentos, e por fim vi-me de novo FELIZ...

A vida lá fora chama por mim, um grito que emudece as minhas cordas vocais exprimem a simplicidade de sentimentos contraditórios.

Eu sinto o mesmo sorriso no canto direito dos lábios, o mesmo que nos unia formando um só sorriso, mas agora vejo-me solta e percebo que a perfeição nunca nos acolheu, fico mais bonita tendo um sorriso só meu.

Mesmo que dois olhares se cruzem novamente, os mesmos lábios jamais irão se encontrar, porque a sintonia dos corações já não tocam para a mesma direção.


Eu sei... eu sei...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo carinho da tua visita.