16 de julho de 2015

Porquê!!!


Hoje fui apanhada de surpresa..... não sei muito bem o que senti naquele momento!!!

Foi demasiado violento o impacto daquelas palavras em mim!!!

Parecia que aquilo não estava ali, eu é que lia o que queria ler....

As lagrimas pesavam no meu rosto..... 

Li e reli.... não consegui lá chegar..... só me vinha á cabeça o porque????

O porquê de andar sempre uma casa ao lado!

O porquê de acordar todos os dias com o mesmo nome na alma, de adormecer sempre com o mesmo olhar tatuado na pele.... o lembrar e lembrar a toda a hora de tudo o que senti...

Porquê????

Porque é que o medo faz de nós caranguejos..... um passo Á FRENTE E DOIS PARA TRÁS! 

Naquela noite houve uma frase que me acompanha desde então: Que saudades (ouvi)!!! 

Se eram sentidas não sei.... só tu saberás..... 

"Só quero que penses em mim, protege o que eu te dou, eu penso em ti e dou-te o que de melhor eu sou.... 

Abraça-me e não me digas que não há forma de ficarmos perto, não há como saber se o caminho é o certo!

E em cada gesto perdido tu és igual a mim, e em cada ferida que sara escondida do mundo eu sou igual a ti".


Depois disto só te posso dizer: que a mim matam-me os dias.... as mãos vazias de ti!!!





Com todo o meu ser!!!



8 comentários:

  1. palavras de Mafalda Veiga...sempre tão na hora certa!

    Ondinhas

    ResponderEliminar
  2. Sempre feitas para a vida! Sem duvida que cada verso dela não é disposto ao acaso.... e parece que tudo se encaixa em nós. Fica bem miúda gira lololol Silvia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá pipoca :) gostei de te sentir por aqui, sem duvida que ela não escreve ao acaso :)

      Eliminar
  3. hello,estas desafiada para um piquenique ta/.?espero por ti...
    em relacao ao que escreves,sempre achei a Mafalda uma cantora de traços simples de historias iguais a tantas outras que qualquer um de nos vive,por ser TÃO MUNDANA ela acaba por escrever sobre ti ,sobre mim,sobre todas as mulheres...e claro sobre nós homens, porque o homem será sempre o visado...well já tive tanto de remissão como de amor...e se um dia tivesse que escolher ficaria mesmo na duvida entre o amor e a remissão de o ter...porque , desculpa mas aqui entra a duvida ...serás suficientemente corajosa para seres amada? sorry, just a question! thats all!
    bono_poetry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bono,

      Talvez tenhas razão! Acho que não sou suficientemente forte pra ser amada! Mais, acho que não suficientemente coragem para permitir que invadam o meu espaço, e demasiado egoista para partilhar a minha vida!
      Acho que acertaste?
      No entanto, reside agora a minha dúvida: haverá alguem suficientemente presistente para tentar amar (me)?

      Eliminar
  4. Minha querida!
    Linda a tua prosa, que nos deixa vestígios de momentos também vividos.
    Adorei. Tenho estado muito ausente de ti, mas vou voltar.
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar

Obrigada pelo carinho da tua visita.