21 de setembro de 2015

Etapas!!!





... tu querias actos... e eu queria sentimentos!!!

É com as coisas pequenas que aprendemos as grandes.

É num beijo, num silêncio, num abraço, é num olhar e num sorriso, numa expressão, numa palavra, na cumplicidade, num gesto, num passo, num gosto de ti que aprendemos a amar.

E digo amar no verdadeiro sentido da palavra. Aprendemos a estar, a compreender, a respeitar, a olhar, a sentir, a cuidar…

São pequenos nadas da convivência que formam um todo. 

São com estes pequenos nadas que vamos aprendendo a encaixar-nos, são com estes pequenos nadas que vamos abrindo novos espaços dentro de nós.

Os pequenos gestos formam os alicerces dos grandes sentimentos.




10 comentários:

  1. Bom dia, Cristina!

    Estás bem? Aqui, tudo na média.

    Começo por agradecer a tua visita e comentário no meu blogue. Já és a segunda pessoa, k escolhe a mesma estrofe pra comentar. Livra-te de "dependências"!

    Um texto menos "escravo" dos que os anteriores, pelo menos dos k li, mas de k gostei até mais. Pois é, linda amiga, não me digas que tu não sabias que os homens querem produto final, e rapidamente, e nós queremos acolhimento, festas, namoro?

    Geneticamente eles são assim, e tanto faz terem 20 anos, como 80. É sempre a mesma coisa e da mesma forma. Parecem-se com a forma escolhida para o fabrico dos objetos na Fenícia, atual Irão: FABRICO EM SÉRIE, e olha que a "coisa" não está em vias de extinção.

    Temos de os "ensinar", de os repreender, pke eles precisam, no mínimo, de duas mães.

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu, sempre certeira nos comentários :)

      Beijokas e feliz semana

      Eliminar
  2. Cristina, eu de novo!

    Ouviu o vídeo? Aquele deve fazer mesmo o seu género.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá de novo :) claro que escutei ;) Paul Anka, gostei ;)
      Beijokas

      Eliminar
  3. Muito bonito, Cristina! Gostei muito do teu blog.

    Beijos.
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Assim deve ser, Cristina.
    Belas palavras.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  5. Perfeito, concordo plenamente. Nas coisas simples
    a vida flui, basta ter boa vontade para perceber e sentir.
    Bjusss

    ResponderEliminar
  6. Colocarei o link do seu blog no meu blog Só quadras
    http://quadras-nadiasantos.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  7. Olá Cris, sem duvida são os pequenas coisas que nos enchem a alma.

    Aqui te deixo Pessoa :)

    "Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.
    Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.
    Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.
    Olhe para o lado, alguém precisa de você.
    Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.
    Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.
    Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também.
    Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.
    Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
    Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
    Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
    Se achar que precisa voltar, volte!
    Se perceber que precisa seguir, siga!
    Se estiver tudo errado, comece novamente.
    Se estiver tudo certo, continue.
    Se sentir saudades, mate-a.
    Se perder um amor, não se perca!
    Se achá-lo, segure-o!

    “Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada”.

    (Fernando Pessoa)

    Recebe o meu abraço inteiro.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo carinho da tua visita.