1 de setembro de 2015

Mais um passo...





Acordei Cedo...
Amei os céus... 
Senti-me livre...
Tão pequena e tão grande!!!
Senti que somos tão pequenos no mundo e tão grandes para os que nos amam....
São nesses segundos que descobrimos a nossa importância de ser, a responsabilidade de saber receber e o dever de dar...

Só temos mesmo uma objectivo na vida (este), Saber receber e ter o dever de dar a quem merece!!!
Nestes céus vi que nada é garantido, ora estamos aqui ou ali ou acolá.
Mas o que importa é que sejamos nós. 
Genuínos, sem capas ou adornos.
Que sejamos sempre a mesma pessoa, num palácio, numa prisão ou num hospital.
Mas que nos sintamos bem connosco próprios... 
De consciência tranquila, porque em qualquer passeio que andes, com quem andes, ames ou cuides, tens sempre que gostar de ti primeiro... 
E só gostas de ti se souberes que podes fazer a pior asneira da vida, mas que a faças involuntariamente e quando a fizeste pensarias que era o melhor.
Ama-te a ti, deixa os teus inimigos falarem, cuida de quem te quer, mas acima de tudo sente que és a pessoa mais pequena deste mundo, mas és tu. 
Estás aqui ou lá em cima nos céus... És tu e vales sempre por isso. 
E a tua maior responsabilidade desta vida é seres feliz e farás a felicidade de quem te ama...
Agradecimentos à escola de Para-pente de Sesimbra


2 comentários:

  1. Cris deve ter sido lindo, gostava de ter ido também, mas não me foi possível. Na próxima não faltarei :)

    ResponderEliminar
  2. Na realidade só alguém muito especial para ter vivido dessa forma aquele dia. Gostei :) beijo doce Cris ;)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo carinho da tua visita.