27 de dezembro de 2015

Um ano sem ti...





Começo a despedir-me do ano de 2015 e vou fazê-lo assim... lentamente, ao longo de quase uma semana que é para não ter pressa!!!


Hoje pensei no que é a saudade...

Para mim existem dois tipos de saudade, aquela que nos remete a algo bem longe, muito longe, quase além do infinito.

É também a saudade das pessoas que já não estão mais entre nós.


A memória é matéria-prima da fábrica de saudades.

A outra saudade refere-se a um presente que ora está afastado ora mais próximo, que ainda está fresco e latente no peito.


É a saudade concreta, aquela que podemos tocar, talvez evitando que seu poder devastador consiga ferir os corações mais frágeis.

O longe parece impedir o “estar junto”, muitas pessoas podem não estar perto de nós, mas certamente estão junto, estar junto não é a mesma coisa que estar perto.

Longe ás vezes é um lugar distante dos pés, mas tão próximo do nosso coração!!!

Sobre saudades é interessante citar o poeta Mário Palmério que exilado no Paraguai numa certa tarde, em um dos cafés de Assunção, comentou com uma amiga que sentia muitas saudades da sua terra natal.

Essa sua amiga paraguaia fascinada com a palavra perguntou-lhe o que era saudade.

Sua pergunta tinha sentido, pois a palavra saudade tem um significado na língua portuguesa não encontrado em outras línguas.

O poeta, tentando explicar a ela o significado da palavra saudade, compôs uma maravilhosa canção:

“Se queres compreender o que é saudade
Terás que antes de tudo conhecer
Sentir o que é querer, o que é ternura
E ter por bem um grande amor, viver
Então compreenderás o que é saudade
Depois de ter vivido um grande amor
Saudade é solidão, melancolia
É nostalgia, é recordar, viver”

Hoje sinto saudades dos amigos que a vida me trouxe e que pelos mais variados motivos deixaram de fazer parte do meu caminho, estrelas que guiaram meu navio através do oceano na rota que confirma meu destino.

Todos os anos vão fazer parte dos nossos longos anos em busca de paz, mas eu estou bem... vou indo, pois o tempo é só a poeira que fica para trás nessa estrada chamada evolução.

39 comentários:

  1. Existe uma saudade feita de uma espécie de memória colectiva,
    que tem a ver com o passado comum, baseada no conhecimento aprendido
    e nas histórias contadas, uma espécie de memória inconsciente, e existe
    uma memória concreta a partir da qual pode nascer uma saudade consciente,
    feita da ausência das pessoas que de uma forma ou de outra fazem ou fizeram
    parte da nossa vida.
    Só sentimos saudade do que foi bom, e nesse sentido, temos numa certa nostalgia
    um "doce" sabor de recordação, e talvez dessa forma se re-viva o que se perdeu.
    Belo texto, Cristina.
    Feliz 2016!
    xx

    ResponderEliminar
  2. Traz a felicidade,
    vem depressa daí
    é uma eternidade
    Um ano sem ti!
    Gostei do que li,
    por você escrito
    o sol nascer vi
    no amor acredito!

    Continuação de boas festas, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  3. Todos sentimos essa saudade, a saudade daqueles que partiram mas ficam para sempre nas nossas vidas.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  4. Olá querida Cris,

    Como foi o teu Natal?

    Em tempos escrevi sobre a saudade, e a causa efeito que tem em mim. Partilho contigo, com todo o meu carinho.
    De ti guardo a ternura de alguém muito especial.
    Doce beijo

    Todos nos somos feitos da mesma matéria, mas com diferentes tipo de carácter, personalidade, até feitio. Ao longo do nosso crescimento, principalmente nos primeiros anos de vida e até a pré-adolescência vamos moldando e definindo a nossa personalidade. O relacionamento com a família e outras pessoas importantes na nossa formação, contribuem para a definição do nosso "Eu", e para o desenvolvimento da nossa forma de comunicar. Esta caminhada que temos de fazer, desde que fomos postos neste mundo, não é de facto fácil e consiste numa constante aprendizagem e amadurecimento.

    A um simples olhar, existem as fases contadas pela idade. Nada de científico, apenas a realidade. Nós mudamos sempre, seja por um pequeno ou por um grande detalhe. Somos feitos das ditas fases. Um bom exemplo é a lua, que está sempre a mudar. Mas essa tem para mim duas grandes vantagens. A primeira é que é eterna, mas para mim a principal e fundamental é que ela pode mudar de fase, mas consegue voltar sempre a trás e recomeçar de novo. Nós infelizmente em tantas situações não o conseguimos fazer. Como tal há que aproveitar, aprender, crescendo com os erros. Em cada momento da vida, vamos guardando um pouco das lembranças. Sejam elas boas ou más.

    Tenho o mau hábito de guardar as coisas mais incríveis que alguém pode ter. Isto para mim tem uma lógica que assenta no saber lidar com a saudade. Sempre que eu sentir saudade de alguém, ou de algum local especial onde estive, e quiser relembrar algum desses momentos em particular, tenho a tal lembrança que me leva ao passado. Os meus textos, as minhas cartas, chaves antigas, pequenos desenhos em guardanapos de papel, e todas as lembranças que recebi de pessoas especiais. É como se eu sentisse que guardando estas coisas, nunca esquecerei dessas pessoas na minha vida. Terei sempre saudades de cada momento que passei ao lado dessas pessoas incríveis, que eu um dia pude conhecer.

    Dos amores de infância, amigos de escola, dos jogos de futebol no recreio da escola com bola feita com farrapos, e mesmo da catequese... Enfim, de tantos e especiais lugares. Saudade do nascimento dos meus filhos, dos primeiros passos, de tantos e lindos sorrisos. Acho mesmo, que a minha mania, é na verdade uma forma que eu encontrei de lidar com a saudade. Pretendo guardar tudo isso e muito mais até a eternidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata Filipe, eu também tenho o hábito de guardar as coisas mais incríveis, mas ao olhar para elas, por vezes é doloroso.
      Beijo

      Eliminar
  5. Olá Cris, espero-te bem.

    Como sempre a tua sensibilidade fascina-me. Não é qualquer um que sente a saudade e a descreve de forma sublime. É preciso sentir, e hoje a maioria das pessoas que cruzam o nosso caminho são vazias de sentimentos.

    A ti, que és especial, guarda esta mensagem, como um presente da Vida

    para ti, que te habituaste a fazer o que tem de ser feito, a teimar descobrir entre tentativas e erros o teu equilíbrio, a usar a resiliência como a tua única arma e a fazer do amor a tua religião,

    para ti, que sabes esperar, sem cansar, pelo resultado das tuas lutas, que conheces o sabor da paz nos abraços que te edificam, que procuras em cada dia a alegria das coisas pequenas,

    para ti, que repetes como uma oração a tua gratidão por tudo o que és, por tudo o que tens, pelos que são força e luz somada à tua força e à tua luz, pelas certezas vincadas às verdades que te definem,

    grava na agenda, na parede, na pele:

    és inspiração para muitos. pela coragem que tens, pela fé que alimentas, pelo amor que dás, pela esperança que nunca deixas morrer, pela persistência de querer ser feliz.

    há na Vida quem sinta orgulho de ti muito.

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Muito obrigado pela sua amável mensagem.
    Visitei o seu Blogue e gostei.
    Esta mensagem sobre a saudade é linda, deixa saudades para voltar e reler.
    Vou seguir o seu espaço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pela visita, um 2016 pleno de coisas boas. Beijo

      Eliminar
  7. Um bom tema para acabar o ano...

    Saudade é algo muito cá de casa.

    Boa semana , agradável passagem de ano e feliz 2016.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá São, grata pela tua visita.
      Um 2016 cheio de coisas boas.
      Beijo

      Eliminar
  8. Olá:

    Vim agradecer a passagem pelo "meu sítio"(ele é de todos)e o comentário agradável.
    Gostei do que li sobre a saudade.Mas sabes de quem mais sinto saudade? De mim própria...acho que consigo fazer-me entender; do meu sorriso interior e exterior, da minha frescura, da minha criatividade...
    Mas ainda não estou "morta"...

    Beijinho doce e um ano de 2016 cheio de saúde e tranquilidade.

    ResponderEliminar
  9. Oi Cris,
    obrigada pelo carinho, vim retribuir sua visita calorosa e aproveito fico com você por aqui.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  10. Boa noite Cristina.
    Um belíssimo texto. Acho que saudade é uma dor que não tem remédio nem como evitar sentir. Faz parte das pessoas que sabe amar. Eu particularmente convivo com uma tremenda saudade de quem está do outro lado da vida.Enfim é a vida. Um feliz 2016.
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Olá Cristina,a saudade é um sentimento que fica para a vida toda,é muito difícil em retirá-la,principalmente daqueles que deixaram marcas em nossos corações.
    Bjs,obrigada pela visita e um Feliz 2016 a você também.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  12. Que linda mensagem!
    Beijo
    ;)
    www.umalindapromessa.com

    ResponderEliminar
  13. Sentimos sempre saudades daqueles que partiram e que nos são queridos, aproveito para desejar um Bom Ano Novo.

    ResponderEliminar
  14. Obrigada! Pra você também.

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  15. As nossas pessoas deixam-nos sempre saudades!

    r: Obrigada e igualmente, para si e para os seus.
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  16. Olá, Cristina!
    Linda e doce a despedida de "Um ano sem ti..."
    Saudade é a lição aprendida,
    depois da despedida,
    que se cristaliza
    em nossa vida!
    Saudade deve ser leve,
    como a brisa,
    apenas se sente
    uma carícia vivida!
    Agradeço e desejo que 2016,
    seja pleno de saúde,
    amor e realizações
    Abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderEliminar
  17. Oi Cristina,
    Eu não sei o que é saudade eu vivo a saudade todos os dias da minha vida,Às vezes me pergunto quando er for uma estrela, alguém sentirá saudade de mim?
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  18. A saudade é sinal que gostamos dessa pessoa e que ela nos faz falta :) Um excelente ano de 2016 para si :)


    Segui-a

    ResponderEliminar
  19. Oi Cristina, o final de ano com a chegada de um novo sempre nos deixa nostálgicos o que nos leva a refletir. O que nos deixa com saudades das coisas boas e um pouco de medo do que está porvir. Desejo a vc amiga que 2016 seja repleto de saúde, paz, alegria e muita esperança e que alcance todos os seus sonhos. Bjs

    ResponderEliminar
  20. OI!
    Que lindo!
    Realmente!
    SAUDADE é uma palavra apenas nossa!
    Beijos
    http://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  21. Nossa profundo essa tal de saudade.
    Gosto muito de uma frase do Pe. Leo: "Quem ama nunca está longe! Como posso estar longe de quem está dentro de mim? A presença física é a mais pobres das presenças."
    Abençoado ano pra você, que seja repleto de bençãos.

    Abraços

    ResponderEliminar
  22. Somos saudosistas. Feliz ano Novo. Beijos.

    ResponderEliminar
  23. A saudade é um sentimento difícil de gerir...
    Um Feliz Ano Novo!


    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  24. Oi Cristina
    Saudade é um sentimento que dói, deixa marcas profundas e nos faz derramar lágrimas amargas minha querida
    Se há saudade geralmente é porque não volta e isso causa muita dor.
    Grande sensibilidade e emotividade nas suas palavras
    Que neste ano que esta por vir continuemos os nossos projetos, concretizemos os nossos ideais, eliminemos nossas pendências, e enfrentemos com coragem e ousadia os nossos desafios, com Deus nos inspirando e protegendo rumo à vitória! Feliz 2016 com tudo o que possa haver de melhor para você e sua família
    Um super beijo

    ResponderEliminar
  25. A saudade é a maior prova de que o passado valeu a pena.
    Feliz 2016!
    Beijo

    ResponderEliminar
  26. Sim, sim, sim!!!

    Mário Palmério era Embaixador do Brasil no Paraguai.

    Eu acho que em outras línguas não tem tradução para a palavra saudade. Tem outras expressões tais como "I miss you", mas não é uma palavra (nem expressão) que realmente traduza nossa saudade.

    : )

    Feliz Ano Novo pra você e para todos os seus leitores!

    Beijos do Brasil!

    ResponderEliminar
  27. Olá Cristina,
    grato pela passagem pelo Olhar d'Ouro permitindo que tivesse acesso a este belo espaço. Posteriormente regressarei com mais tempo para me deleitar!
    Para já, desejo-te um feliz 2016!
    bj

    ResponderEliminar
  28. A melhor saída é seguir em frente com motivação.
    Feliz Ano Novo
    AG

    ResponderEliminar
  29. Não há volta a dar, havemos de sentir sempre saudade daquilo que foi bom...
    Magnífico texto.
    Cristina, gostei imenso de conviver contigo durante o ano que agora acaba.
    Minha querida amiga, desejo-te um FELIZ ANO NOVO, tal como à tua família e aos que te são mais queridos.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  30. Olá Cristina, passando para agradecer a tua carinhosa visita e palavras deixadas por lá.
    É isso, a saudade é um sentir nosso tão deveras intenso quanto a palavra, que em outros idiomas não se consegue traduzir ao pé da letra. Mas é assim, seguimos com nossas saudades, algumas boas outras deveras tristes, mas abandoná-las não, eles vão nos seguir até o fim. E assim já que por cá estou, deixo também meu desejo para que tenha você e todos ao redor um final de ano deveras feliz e um mais feliz e intenso ano novo, sempre com a bênção do bondoso Deus, obrigado, abraços e, até mais!

    ResponderEliminar
  31. A saudade é uma espécie de frio que nos assalta a alma, sempre que se abre a porta que dá para o campo vasto de certas memórias.

    Com ou sem saudade, FELIZ 2016.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  32. É minha amiga falar de saudade é mesmo complexo.
    Por mais que tentamos defini-la não a traduzimos.
    Uma coisa é certa a memoria é mesmo matéria prima da fabrica de saudade.
    Gostando de seu expressar da elegância de seus escritos.}
    Meus aplausos Cristina.
    Meu abraço e beijo paz.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo carinho da tua visita.