26 de fevereiro de 2016

Fazer amor é coisa séria...





Este texto que hoje vou partilhar convosco, não é meu, ontem ao remexer em lembranças, naquela caixinha (bau) onde tudo guardo, desde pacotes de acucar, a coisas escritas em guardanapos de papel, rabiscos de momentos bem vividos e partilhados, bilhetes de concertos... e este... este veio ter comigo de novo, e como sempre que o leio ... me diz tanto... mas tanto... decidi que o ia mostrar de novo. Para quem o conhece, é sempre bom reler, quem nunca leu aqui fica!!!
 


Fazer amor é coisa séria demais...
Não basta um corpo e outro corpo, misturados num desejo insosso, desses que dão feito fome trivial, nascida da gula descuidada, aplacada sem zelo, sem composturas, sem respeito, atendendo exclusivamente a voracidade 
do apetite.

Fazer amor é percorrer as trilhas da alma, uma alma tateando outra alma, desvendando véus, descobrindo profundezas, penetrando nos escondidos, sem pressa com delicadeza... porque alma tem tessitura de cristal, deve ser tocada nas levezas, apalpada com amaciamentos...até que o corpo descubra cada uma das suas funções.

Quando a descoberta acontece é que o ato de amor começa. 
As mãos deslizam sobre as curvas, como se tocando nuvens, a boca vai acordando e retirando gostos, provando os sabores, bebendo a seiva que jorra das nascentes escorrendo em dons, é o côncavo e o convexo em amorosa conjunção.

Fazer amor é Ressurreição!!!


É nascer de novo: no abraço 
que aperta sem sufocamentos no beijo que cala a sede gritante, 
na escalada dos degraus celestiais que levam ao gozo. 

Vale chorar, vale gemer...vale gritar, porque aí já se chegou ao paraíso, e qualquer som ha de sair melódico e afinado, seja grave, agudo, pianinho... há de ser sempre o acorde faltante quando amantes iniciam o milagre do encontro.
Corpos se ajustaram, almas matizaram...


Fez-se o Êxtase! 

É o instante da Paz... é a escritura da serenidade!!!


E os amantes em assunção pisam eternidades !!!




(Texto de um Frei do Colégio Santo Agostinho)

27 comentários:

  1. Um belo texto que estou completamente de acordo.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Francisco, obrigada eu excelente fim de semana pra ti também
      Um beijo

      Eliminar
  2. Os meus parabéns a quem escreveu o texto. Está muito bom.
    Bom fim de semana, Cristina.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (Texto de um Frei do Colégio Santo Agostinho)

      Obrigada para ti também um ótimo fim de semana.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Este texto é lindo de se ler. Sobretudo numa época em que a humanidade anda tão carente de amor e o sexo anda tão vulgarizado, tão animalesco...

    Beijinho, Cristina e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Jorge, hoje em dia infelizmente, faz-se mais sexo do que amor. O fácil o imediato tornam tudo tão sem sabor. Vivemos numa sociedade em que tudo é descartavel, inclusive as pessoas :((

      Beijinho Jorge e feliz fim de semana

      Eliminar
  4. Meu Deus, um Frei escreveu isso, só podia ser alguém próximo de Deus para descrever tão belamente o ato do amor, ou, o amor entre dois seres, que é muito mais que nosso pequeno conhecimento de amar pode supor. O texto retrata um amor digno, abençoado e verdadeiro...quem me dera.
    Querida Cristina este blog é sempre à flor da pele, obrigado por compartilhar tão belas palavras.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderEliminar
  5. Fazer amor é ir para além do corpo.


    Beijos, Cristina :)

    ResponderEliminar
  6. Valeu a pena remexer na tua caixinha...Encontraste esse lindo texto pra compartilhar! E o amor é mesmo coisa bem séria e pena, nem sempre é assim encarado! As coisas andam tão fáceis e rápidas, nem chega a haver o "envolvimento"... bjs, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  7. Bom dia
    Texto lindo, no qual concordo!

    Beijo, bom fim de semana.
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Cristina,fazer amor é saber que o amado a completa e mutuamente chegam
    aos desejos prazeroso,esse é o verdadeiro amor,a verdadeira entrega.
    Adorei seu texto.
    Bjs,obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. O sexo só faz sentido quando as pessoas se amam. há cumplicidade e há amor.
    Por isso defendo que muito dificilmente as pessoas se dão bem na cama, caso não se entendam na vivência que têm. Desagrada-me a vulgarização do sexo.
    Não acredito que um relacionamento se 'aguente' apenas por via do sexo.
    Bom fim-de-semana, Cristina!
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Infelizmente alguns ao fazer sexo têm a consolação quando lhes falta amor, mas Cristina… fazer amor é esse desesperado suspiro de dois corpos que se amam e se elevam a outro estado de alma e espírito!;)

    ResponderEliminar
  11. estas palavras retratam bem o que é amor....bonito texto....:)

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  12. Um belo texto, a demonstrar que o amor só acontece no encontro de dois corpos e
    de duas almas.
    xx

    ResponderEliminar
  13. Para fazer amor é preciso ir além do corpo. Um texto sábio :)

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  14. Lindo! Fazer amor é construir algo além, muito além dos olhos.
    Adorei.

    ResponderEliminar
  15. Belo texto. Bem que podia ser teu.
    Fazer amor é muito mais que dois corpos que se encontram...são também duas almas que se unem e formam uma só!
    Bom domingo.
    www.algunsmomentosmeus.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  16. Muito bonito.
    um beijinho e um bom Domingo.
    Gábi

    ResponderEliminar
  17. Fazer amor é coisa séria,
    por isso é que é muita boa
    concordo, inteligente ideia
    sentindo prazer, não à toa!

    Boa noite, Cristina e bons sonhos, um beijo,
    Eduardo

    ResponderEliminar
  18. fazer amor é assunto sério e essencial em todos nós
    viver na sua ausência é como morar
    num lugar onde nunca chega o sol


    todos os dias é inverno e cavalgamos
    os minutos do tempo com um vago sorriso e um olhar ausente
    poisado num dia de verão em que amamos
    e bebemos tanto mel
    e tanto sol

    ResponderEliminar
  19. Um texto maravilhoso Cristina! Mergulhei literalmente nas tuas sublimes palavras! Um encanto!
    Bjs e boa semana!

    Rui

    ResponderEliminar

Obrigada pelo carinho da tua visita.